domingo, 31 de agosto de 2008



E se fragmento-me em instantes, estes não têm volta. Então me perco aos poucos, a cada baque de razão ou irracionalidade que me apresentam um outro lado, uma outra face, um novo sentimento e mais ilusões,
imaginações
palavra que relativiza até a relatividade.
E ainda não me decidi se acredito
na cabeça (e daí se abrem possibilidades)
ou nos olhos.
Mas sou tão míope
e talvez tão louca
(segundo meu histórico familiar)
que prefiro não acreditar em nada
e sigo assim
vivendo,
morrendo,
sentindo...
...sofrendo.


________________________


Trecho de algo que pode vir a ser coisa maior. (ui)
Contador novo no blog!
Nenem hoje (ui)
Sono, muito sono
1h e meia para segunda feira (Nãããããoooo)
Imagem: Filme: Sonhos de Akira Kurosawa

fui!

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Encontros e Desencontros

video

Como a vida.

Espero pelo reencontro.

(Cena do filme Lost in Translation)